domingo, 2 de agosto de 2015

Central 3x2 Estanciano-SE. Com virada emocionante, Central de Caruaru vence Estanciano-SE e segue líder do grupo A4.


Em um jogo para entrar para história, o Central de Caruaru foi valente e conseguiu mais uma importantíssima vitória na luta pelo acesso a Série C. Jogando pela primeira vez nesta Série D diante do seu torcedor, a patativa saiu perdendo por 2 a 0 na primeira etapa, e conseguiu a virada para 3 a 2 no segundo tempo, com gols de Altemar, Cris e Reinaldo Alagoano. Com o triunfo, o time caruaruense mantém o aproveitamento máximo e segue na liderança isolada do grupo A4 com 9 pontos, quatro a mais que o segundo colocado, Treze-PB.

O JOGO - Sem qualquer explicação a patativa foi irreconhecível durante a primeira etapa de jogo, e não se encontrou em campo. Com uma tremenda desorganização tática, os jogadores perderam todas no meio, o sistema defensivo bateu cabeça, e o ataque foi sacrificado, sem ser acionado.

Em uma bobeada logo aos 2 minutos, Rafael aproveitou cochilo do time Centralino e abriu o placar, 1 a 0 Estanciano. Com a patativa perdida e sendo envolvida pelos visitantes, Rafael teve mais uma oportunidade aos 13, mandando uma bomba para fora. Aos 22 foi a vez de Cristiano testar o goleiro Santos, arriscando de longe e carimbando o travessão do arqueiro alvinegro.

Fazendo sua estreia, meia Luquinhas
deu outra cara para a equipe alvinegra
e ajudou na vitória. Foto: Guilherme
Milleron / Blog Movimento C.A.
Celso Teixeira estava louco no banco de reservas. A equipe que passou 15 dias treinando, apresentava um futebol longe de um líder de competição. Os visitantes seguiram mordendo, e aos 30 minutos Josi chutou forte e obrigou Santos fazer uma boa defesa. Celso não aguentava mais. Sacou o volante Lima da equipe aos 31 minutos e botou o jovem Luquinhas, que treinou muito bem durante a semana, e não havia feito sua estreia na competição.

As sucessivas falhas dos jogadores alvinegros custaram ainda mais caro. Em erro de Éverton e Izaías, aos 36 sai o segundo gol dos visitantes, através de Josi. Terminando a primeira etapa, a única oportunidade de gol para o time caruaruense foi com Alex Murici, cobrando falta de longa distância, além da insistência em jogadas individuais do bom jogador Edinho Canutama pelo lado esquerdo.

CELSO MUDA E EQUIPE REAGE
Para tentar corrigir o buraco no meio-campo, o técnico Celso Teixeira promove mais uma modificação, essa na volta para o segundo tempo. O volante Izaías, que não foi feliz esta tarde e fez uma ruim apresentação, deu lugar para Anderson Paulista.

A mudança surtiu efeito, e as chances de gol começaram a surgir com mais frequência. O jovem Luquinhas, que esteve apagado no primeiro tempo, fez uma grande atuação na etapa complementar, e cresceu seu futebol ainda mais com entrada de Candinho aos 11 minutos, no lugar de Vaninho, esse último que infelizmente ainda não mostrou a que veio para Caruaru.

Altemar marcou o primeiro gol da virada
heroica da patativa. Foto: Guilherme
Milleron / Blog Movimento Coração
Alvinegro.
A primeira boa chance de gol veio aos 6. Edinho Canutama recebeu pelo lado esquerdo, e ao invés de apostar corrida com o defensor preferiu o chute de esquerda, mandando rasteiro próxima a trave do goleiro Adson. Demorou um pouco, mas aos 18 surge mais uma boa chance com Alex Murici, mandando uma bomba para belíssima defesa de Adson.

O arqueiro adversário até que tentou, conseguiu salvar em muitos lances, mas aos 22 Altemar pega rebote e chega chutando com muita força, sem chances de defesa, e diminui a diferença, 2 a 1. Dois minutos após é a chance de Reinaldo Alagoano. O zagueiro Vítor pula para afastar de cabeça o perigo e perde o tempo da bola. A redonda cai no pé de Reinaldo, que chuta rasteiro com força e ela passa tirando tinta da trave de Adson.

Já sem conseguir criar e sair para o jogo com a qualidade apresentada durante a primeira etapa, o time do Estanciano armou a retranca e chamou a patativa. Luquinhas faz boa jogada aos 32 pelo lado esquerdo e cruza voltando para Edinho Canutama, mas o atacante alvinegro chuta sem muita força em cima de Adson.

CENTRAL CRESCE E CHEGA AO EMPATE
Os torcedores sentiram que dava para igualar o marcador, e a cada ataque empurrava o time com aplausos e cantos para o gol de empate. Em uma felicidade tremenda do goleiro Adson, por muito pouco ele não saiu aos 40 minutos. Alex Murici puxou pelo meio e acionou Candinho dentro da área. O atleta girou muito rápido em cima do marcador e mandou uma bomba para outra defesa milagrosa do camisa 1 do Estanciano.

Acontece que a torcida não ia sair com o gostinho do quase esta tarde no Lacerdão. Aos 43 minutos falta pelo lado direito, um mini escanteio. Altemar levanta na área, e no bate rebate o zagueirão Cris estava no lugar certo para empurrar a bola para as redes, 2 a 2 no Lacerdão, levando a torcida à loucura.

Oportunista, Reinaldo Alagoano não
vinha fazendo uma boa partida e foi
fundamental para virada alvinegra.
Foto: Guilherme Milleron / Blog
Movimento C.A.
REINALDO ALAGOANO MARCA E CENTRAL VENCE DE VIRADA
Ao apagar das luzes, quando tudo se encaminhava para o empate heroico, eis que surge o terceiro tento da patativa aos 47 minutos. Reinaldo Alagoano recebe passe, avança, e bate com categoria na saída do goleiro Adson, virando a partida para 3 a 2 no Estádio Luiz Lacerda e mantendo o aproveitamento máximo do líder do grupo A4.

Na próxima rodada é a vez do Central enfrentar o Treze-PB, em Campina Grande-PB, no duelo entre líder e vice-líder do grupo A4 da Série D. Festa em Caruaru, o líder vence mais uma. Avante patativa!


Unidos, jogadores comemoram o resultado após o fim da partida. Foto: Guilherme Milleron / Blog Movimento Coração Alvinegro.

Central (3-5-2):  Santos; Cris, Sinval e Everton; Alex Murici, Lima (Luquinhas), Izaías (Anderson Paulista), Vaninho (Candinho) e Altemar; Reinaldo Alagoano e Edinho Canutama. Técnico: Celso Teixeira.

Estanciano-SE (4-4-2)Adson; Daniel (Sílvio), Renan, Victor e Roni; Cristiano, Marcos Mendes, Rafael e Clóvis; Josi e Warlei (Marcelo). Técnico: Ledo Morgado

Árbitro: Leandro Saraiva (RN)
Assistentes: Fabrício Leite e Wlademir Lins (PE)
Local: Estádio Lacerdão, Caruaru-PE.
Série D 2015 - 4ª Rodada da Fase de Grupos (02/08/15)

Cartões amarelos: Lima, Altemar e Reinaldo Alagoano (Central); Daniel, Marcos Mendes e Warlei (Estanciano).
Cartão vermelho: Não houve expulsões.
Gols: Rafael aos 2' e Josi aos 36' do 1T para o Estanciano. Altemar aos 22' do 2T para o Central. Cris aos 44' e Reinaldo Alagoano aos 47' do 2T para o Central.

Público: 1.307
Renda: 27.000,00 (aproximadamente)

Por João Neto / Blog Movimento Coração Alvinegro.

sábado, 1 de agosto de 2015

Central 1x0 Goianésia. Em partida de portões fechados, Altemar marca golaço e alvinegro vence mais uma.


Na segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série D, o Central de Caruaru enfrentou o Goianésia no Estádio Lacerdão e venceu por 1 a 0, com golaço de falta do lateral esquerdo Altemar. A partida foi realizada de portões fechados, mas a patativa não sentiu e ditou o ritmo do jogo do início ao fim.

Com o resultado, o alvinegro segue líder do seu grupo e tem a melhor campanha até o momento da Série D, com aproveitamento máximo. Na próxima rodada é a folga do glorioso. A equipe só volta a campo no Domingo, 02 de Agosto, diante do Estanciano, no Estádio Luiz José de Lacerda. O confronto será válido pela quarta rodada do Campeonato.

O JOGO - O técnico Celso Teixeira surpreendeu na escalação. O treinador montou a equipe alvinegra em um 4-4-2, com o atleta Sinval hora fazendo a função de volante, em outra a de terceiro zagueiro. Devido a proposta de jogo do Goianésia, o sistema defensivo não foi exigido, mas complicou bastante para o ataque.

Sem conseguir uma boa armação de jogadas, a equipe ficou dependente dos laterais e da velocidade de Edinho Canutama pelo lado esquerdo. Com Edinho, surgiu a primeira boa chance de gol aos 15 minutos. O atleta avançou em velocidade, passou pelo marcador, e cruzou rasteiro para o meio da área, mas Reinaldo Alagoano não chegou a tempo de empurrar para o gol.

Dois minutos depois Izaías mandou uma bomba de fora da área, que levou muito perigo. Edinho voltou a ter chances aos 30, após receber lançamento, dominar e chutar para boa defesa do arqueiro Leandro. O jogo seguiu truncado, o Goianésia se fechando como pôde, mas antes do fim da primeira etapa Reinaldo Alagoano ainda tentou de cabeça, aos 43 minutos, sem sucesso.

A segunda etapa foi ainda mais escassa de chances. Aos 5 Edinho teve boa oportunidade, aproveitando cruzamento de Reinaldo Alagoano, mas daí em diante só surgiu chance de gol aos 24 minutos. Alex Murici arriscou de muito longe, e mandou uma bomba no travessão de Leandro. Antes disso, Celso havia promovido uma modificação no meio-campo. Vaninho saiu e deu lugar para Dudu.

Sem conseguir criar, e com pouquíssimas chances de ataque, restava a bola parada. Foi aí que Altemar entrou em cena. O lateral acertou uma bomba de falta de longa distância, aos 39 minutos, e contou com a grande movimentação dentro da área atrapalhando a visão do goleiro Leandro.

Central 1, Goianésia 0. Festa aos arredores do Lacerdão, nos ''camarotes'', e em toda Caruaru. O líder vence mais uma. Avante patativa!

Central (3-5-2):  Santos; Alex Murici, Cris, Everton e Altemar; Sinval, Izaías, Dunga (Tinga) e Vaninho (Dudu); Reinaldo Alagoano e Edinho Canutama (Viola). Técnico: Celso Teixeira.

Goianésia-GO (4-4-2): Leandro; Pedro (Jeanzinho), Luciano, Felipe e Elismar (Matheus); Gilberto, Paulo Vitor, Juliano (Elivélton) e Nick; Adinil e Léo Cipriano. Técnico: Lucas Oliveira.

Árbitro: José Ricardo Vasconcelos (AL)
Assistentes: Fernando Antônio e José Daniel.
Local: Estádio Lacerdão, Caruaru-PE.
Série D 2015 - 2º Rodada da primeira fase (19/07/15)

Cartões amarelos: Viola, Dunga (Central); Elismar, Nick, Adinil (Goianésia).
Cartão vermelho: Não houve.
Gols: Altemar aos 39' do 2T para o Central.

Público: Portões fechados.
Renda: Sem renda.

Por João Neto / Blog Movimento Coração Alvinegro.




Serrano 0x2 Central. Com dois gols de Reinaldo Alagoano, patativa vence na estreia da Série D.

O Central de Caruaru iniciou com o pé direito o Campeonato Brasileiro da Série D 2015. Após seis anos sem conseguir somar pontos em estreia, a patativa voltou a vencer e bateu por 2 a 0 o Serrano-BA, em Porto Seguro, com dois gols de Reinaldo Alagoano.

Em um primeiro tempo muito fraco, destaque apenas para duas boas defesas do goleiro alvinegro Santos, e uma bicicleta de Edinho Canutama aos 16, que acertou a trave. Vendo que dava para voltar à Caruaru com uma vitória, o treinador Celso Teixeira mexeu na equipe Centralina e guiou o time para o triunfo.

Jogadores alvinegros comemoram
o primeiro gol. Foto: Ligeirinho
no Esporte. Serrano 0x2 Central.
Edinho Canutama mais uma vez a diferença. Após jogada individual o atleta sofreu pênalti na etapa complementar. Reinaldo Alagoano foi para cobrança e abriu a contagem aos 33 minutos, 1 a 0. Os donos da casa tentaram reagir, mas não tiveram forças. Três minutos depois ainda deu tempo de Reinaldo Alagoano marcar mais um, de cabeça, após cruzamento de Alex Murici.

É a patativa surpreendendo e fazendo bonito depois de tanto tempo. A organização fora de campo, com prestação de contas, pagamento em dia, e condições de trabalho, acende o sonho do acesso no coração do torcedor alvinegro. O próximo confronto é diante do Goianésia, no Estádio Lacerdão, Domingo dia 19. A partida será de portões fechados por conta da perda de mando de campo em 2014, na confusão envolvendo torcedores do Campinense e Central, pela Série D daquele ano.

Serrano-BA (4-4-2): Luan; Edcarlos (Willian), Claudio, Moisés e Alex; Maicon, Carlos, João grilo e Adilio; Lucas (Jefferson) e Fernando (Romero). Técnico: Edson Ferreira.

Central (3-5-2): Santos; Cris, Sinval e Everton; Alex Murici, Lima (Felipe Araripina / Dunga), Izaias, Vaninho (Dudu) e Altemar; Reinaldo Alagoano e Edinho Canutama. Técnico: Celso Teixeira.

Árbitro: Eduardo de Santana Nunes (SE)
Assistentes: Paulo de Tarso e Jose Amador (Ambos BA)
Local: Estádio Municipal Agnaldo Bento dos Santos, Porto Seguro-BA.
Série D 2015 - 1ª Rodada da Fase de Grupos (12/07/15)

Cartões amarelos: Éverton, Vaninho e Alex Murici (Central); Alex, Maicon, Jefferson e Cláudio (Serrano).
Cartão vermelho: Não houve.
Gols: Reinaldo Alagoano aos 33' e 36' do 2T para o Central.

Público: 171 espectadores.
Renda: R$ 1.495,00

Por João Neto / Blog Movimento Coração Alvinegro.


domingo, 5 de julho de 2015

Central 4x0 Porto. Como de costume, patativa goleia gavião em amistoso e volta a focar a estreia na Série D, diante do Serrano.


No último amistoso preparatório visando o Campeonato Brasileiro da Série D, o Central de Caruaru venceu com tranquilidade o freguês Porto, na tarde deste Domingo, 05, no Estádio Lacerdão. Reinaldo Alagoano abriu a contagem no primeiro tempo, e Edinho Canutama (2) e Viola fecharam a conta na segunda etapa.

Jogadores e comissão comemoram
primeiro gol da patativa no confronto.
Foto: Guilherme Milleron / Blog
Movimento Coração Alvinegro.
Dominando com tranquilidade o ritmo de jogo, mas sem conseguir apresentar algo tão atrativo, os primeiros 45 minutos foram de poucas chances de gol. Ficou clara a falta de um homem de criação, mas destaque para boa atuação do lateral direito Alex Murici. Outras peças precisam encaixar durante o Campeonato, mas é cedo esse comentário.

As únicas jogadas ofensivas da patativa foram utilizando bola área. Explorando os zagueiros, e a boa estatura do atacante Reinaldo Alagoano, a patativa veio abrir o placar com esse mesmo, de cabeça, aos 20 do primeiro tempo após cruzamento de Altemar. Ainda houveram chances com Sinval e Everton, mas os atletas não conseguiram alterar o marcador.

Voltando do intervalo, Celso Teixeira mandou logo quatro jogadores. Cris, Betao, Felipe Araripina e Edinho Canutama. Esse último que foi a válvula de escape do time na segunda etapa. Quando o time queria jogo, lançava o atleta, que deixava os zagueiros no chão, seja com os dribles ou arrancadas.

Atacante Edinho Canatuma comemora
seu primeiro gol diante do Porto. Foto:
Guilherme Milleron / Blog Movimento
Coração Alvinegro.
O segundo gol saiu aos 20 minutos. Éverton ganhou uma dividida e lançou Edinho. O atacante deixou o defensor no chão, avançou e bateu na saída do goleiro tricolor, fazendo 2 a 0. Voltando a insistir na bola aérea, aos 29 Dunga cruzou na cabeça de Viola. Apesar de o atleta cabecear muito bem, o arqueiro do gavião foi mais feliz e garantiu a defesa.

A única chance dos adversários saiu aos 30 minutos. O jovem atacante Túlio recebeu passe dentro da pequena área, mas chutou em cima de Juninho, que fez boa defesa na primeira chance que foi exigido.

Fazendo as modificações para fazer o teste final com os atletas, o técnico alvinegro continuou mudando a equipe, mas as jogadas continuaram saindo pelo lado esquerdo, na velocidade de Edinho Canutama. Nos pés do jogador saiu o terceiro gol centralino, com um bom chute a meia altura de fora da área aos 41, e o passe para o gol de letra de Viola, aos 45 minutos.

No próximo Domingo a patativa faz a estreia oficial na Série D 2015, diante do Serrano-BA, fora de casa. Daí começaremos expor uma visão mais crítica do rendimento do time. No decorrer da semana estará disponível a galeria exclusiva do Movimento Coração Alvinegro de Central 4x0 Porto.

Central (3-5-2):   Juninho (Santos); Betão (Cris), Sinval e Everton (Dudu); Alex Murici (Fabinho), Lima (Dunga/Luquinhas), Isaias (Felipe Araripina), Tinga (Sorin) e Altemar (Jean Batista); Reinaldo Alagoano e Candinho (Edinho Canutama). Técnico: Celso Teixeira.

Árbitro: Cesar Leite. (LDC)
Assistentes: Narciso Lima e Alex Faustino. (LDC)
Local: Estádio Lacerdão, Caruaru;
Amistoso preparatório - Visando Série D 2015

Cartões amarelos: Betão (Central); Diego (Porto)
Cartão vermelho: Não houve.
Gols: Reinaldo Alagoano aos 20' do 1T para o Central. Edinho Canatuma aos 20' e 41' do 2T para o Central. Viola aos 45' do 2T para o Central.

Público: 342
Renda: R$ 3.420,00

Por João Neto / Blog Movimento Coração Alvinegro.

sexta-feira, 3 de julho de 2015

Patativa perde título da Copa PE de Futsal com gol no fim. Revelações da casa, Willian e Natan assinam contrato com o Santos Futebol Clube.

Nesta última quarta-feira, 01, o Central Sport Club perdeu o título da Copa Pernambuco de Futsal. Por ter sido derrotado no primeiro jogo, o time alvinegro precisava de uma vitória no tempo normal para levar o jogo para prorrogação.

As equipes vieram balançar as redes na segunda etapa. O time centralino abriu 2 a 0, com gols de Luciano e Ewerton. Os rubro-negros começaram jogar com goleiro linha e chegaram ao empate, com gols de Willian e Gê. A patativa conseguiu novamente passar à frente no marcador, com Luiz Henrique assinalando o tento, mas ao apagar das luzes veio o golpe final dos visitantes. Felipe Marques empatou a partida, dando o título e a vaga na Liga Nordeste 2016 para o Leão da Ilha.

Parabéns para todos os atletas do alvinegro, comissão técnica e torcedores, que mesmo sem apoio algum da direção, conseguiram fazer uma belíssima campanha e perderam o título no detalhe, mas dando o sangue pela causa.


WILLIAN E NATAN
Jovens atletas assinaram com o peixe
até o final do ano. Foto: Clã Sports.
As duas promessas do Central de Caruaru deixaram o Lacerdão precocemente. Por falta de habilidade do antigo presidente, Chico Noé, logo após o Campeonato Pernambuco os jogadores não renovaram seu contrato com a patativa, ficando livre para atuar em qualquer equipe.

Eis que surgiu o empresário dos jovens, e conseguiu encaixá-los no Santos, onde ficam até o dia 31 de Dezembro de 2015. Atuando pela categoria sub-23 do peixe, a renovação de contrato com o alvinegro praiano vai depender exclusivamente das respectivas atuações de Willian e Natan.

Mais uma vez a história se repete. Mudam-se os nomes, mas o amadorismo permanece. Qualquer semelhança com histórias passadas, e jogadores da base saindo sem deixar nada para o clube, é mera coincidência...

SÉRIE D
Visando a estreia no Campeonato Brasileiro da Série D, diante do Serrano, o alvinegro fará um amistoso preparativo diante do Porto neste próximo Domingo, 05. O eterno freguês da patativa conta com alguns atletas conhecidos, que vem mantendo a forma no Ninho do Gavião enquanto não são negociados.

O técnico da patativa, Celso Teixeira, vem trabalhando forte com um grupo compacto nas mãos, e mais uma vez espera-se que desta vez seja diferente, que a sofrida torcida possa comemorar esse almejado acesso. O blog estará presente e trará uma análise da partida, já com um aquecimento para o brasileirão.

Mais uma boa notícia relacionada a Série D 2015, foi a confirmação do Esporte Interativo como detentor do direito de transmissão do Campeonato. Serão dois jogos transmitidos por rodada. Confira a matéria na íntegra clicando AQUI.

Por João Neto / Blog Movimento Coração Alvinegro.

terça-feira, 30 de junho de 2015

Raio-X do Central de Caruaru no Hexagonal do Título no Pernambucano 2015

De volta com mais uma análise, desta vez com a belíssima campanha realizada pelo Central de Caruaru no hexagonal do título, terminando na segunda colocação, e a lastimável semi-final e disputa pelo terceiro lugar. Desacreditado, Laélson Lima e seus jogadores se uniram em torno do objetivo, conseguindo superar dois meses de atraso nos salários e levando a patativa as semi-finais da competição com uma belíssima campanha, ficando atrás apenas do Sport.

Candinho foi o melhor jogador da patativa
no Campeonato. Foto: Guilherme
Milleron / Blog Movimento C.A.
Confiante, a torcida alvinegra fez sua parte e foi até Recife apoiar o clube caruaruense na primeira partida da semi-final, diante do Santa Cruz. Em um jogo que deu tudo errado, de esquema tático à postura dos atletas, o glorioso foi derrotado por 4 a 0 e aí desandou de vez.

Preocupados com a imagem que estava passando, dirigentes da patativa encontram um bode expiatório e encarrega tudo nas costas de Laélson Lima. Não bastasse isso, trouxe para seu substituto Humberto Santos, treinador de um futuro promisso, mas que no momento não iria somar em nada para o alvinegro.

Veio o jogo da volta, e novamente decepção. A patativa foi batida por 2 a 0 para os tricolores, e por muita falta de sorte, caiu na disputa do terceiro lugar juntamente com o Sport. Mais dois jogos.

O primeiro, que dói até de lembrar. 5 a 0 para o leão, em pleno Lacerdão, e em ritmo de treino. Sem nem forçar muito os rubro-negros atropelaram os donos da casa. Nesse intervalo de tempo, explodiu a greve. Humberto querendo treinar o time e os jogadores se recusando a subir a campo enquanto não recebesse seus vencimentos.

Na última partida do estadual, um empate sem gols na Ilha do Retiro, para alívio dos torcedores e da cidade caruaruense que não aguentava mais ver a patativa sendo saco de pancadas e motivo de chacota.

Passado o Campeonato, os dirigentes não aguentaram a pressão de imprensa, da torcida, e dos cidadãos em geral, e entregaram o cargo. O vice do ex-presidente Chico Noé, Jandoval Bezerra, assumiu o clube e junto com outros convidados ficou com a missão de tocar o barco e tentar o esperadíssimo acesso a Série C do Campeonato Brasileiro.

Voltando, vamos aos números do hexagonal (semi-final e terceiro lugar foram considerados jogos jogos a parte).

DESEMPENHO DO TÉCNICO
Laélson Lima -  46,6% (14 pontos de 30 disputados)

DESEMPENHO DA EQUIPE
Aproveitamento como mandante: 66,6% (10 pontos de 15 disputados)
Aproveitamento como visitante: 26,6% (4 pontos de 15 disputados)
Aproveitamento geral: 46,6% (14 pontos de 30 disputados)

MÉDIA DE GOLS
Jogos como mandante: 1,20 gol/partida (6 gols em 5 jogos)
Jogos como visitante: 0,80 gol/partida (4 gols em 5 jogos)
Todos os jogos: 1 gol/partida (10 gols em 10 jogos)

Segunda defesa menos vazada do hexagonal, atrás apenas do líder Sport.

JOGOS (Clique no link e seja direcionado para a matéria do jogo)
1º ROD - Central 1x0 Serra Talhada (Luciano Totó, contra)
2º ROD - Salgueiro 0x1 Central (Fabinho)
3º ROD - Central 1x2 Santa Cruz (Candinho)
4º ROD - Central 1x1 Náutico (Jucemar Gaúcho)
5º ROD - Sport 1x0 Central
6º ROD - Central 1x0 Sport (Madona)
7º ROD - Náutico 2x2 Central (Fabiano Tanque e Candinho)
8º ROD - Santa Cruz 1x0 Central
9º ROD - Central 2x1 Salgueiro (Candinho [2])
10º ROD - Serra Talhada 2x1 Central (Roberto Pitio)

ARTILHEIROS (Gols entre parênteses)
Candinho (4 gols)
Fabinho, Jucemar Gaúcho, Madona, Fabiano Tanque, Roberto Pitio (1 gol)

SEMI-FINAIS
1º JOGO - Santa Cruz 4x0 Central
2º JOGO - Central 0x2 Santa Cruz

TERCEIRO LUGAR
1º JOGO - Central 0x5 Sport
2º JOGO - Sport 0x0 Central

Por João Neto / Blog Movimento Coração Alvinegro.

Raio-X do Central de Caruaru no primeiro turno do Pernambucano 2015.

O alvinegro não teve apenas um jogador
que carregou o time nas costas. O coletivo
fez a diferença. Foto: Guilherme
Milleron / Blog Movimento C.A.
O blog Movimento Coração Alvinegro traz a análise do turno que deu o título inédito a patativa da primeira fase do Pernambucano 2015. Apenas na primeira rodada a equipe não liderou a competição, mas a partir do segundo jogo se garantiu no topo da tabela e permaneceu até o fim, sagrando-se campeão com uma rodada de antecedência.

Apesar de alguns tropeços dentro de casa, o alvinegro foi além do costume e conseguiu fazer bons jogos longe do Lacerdão, como em Serra Talhada e Pesqueira. No geral, a patativa disputou 14 partidas, vencendo 7, empatando 4, e perdendo 3. Confira o desempenho do técnico, da equipe, a lista de jogos, e os artilheiros do Central na primeira fase.

DESEMPENHO DO TÉCNICO
Laélson Lima -  59,5% (25 pontos de 42 disputados)

DESEMPENHO DA EQUIPE
Aproveitamento como mandante: 66,6% (14 pontos de 21 disputados)
Aproveitamento como visitante: 52,3% (11 pontos de 21 disputados)
Aproveitamento geral: 59,5% (25 pontos de 42 disputados)

MÉDIA DE GOLS
Jogos como mandante: 1,57 gol/partida (11 gols em 7 jogos)
Jogos como visitante: 1,28 gol/partida (9 gols em 7 jogos)
Todos os jogos: 1,42 gol/partida (20 gols em 14 jogos)

Segundo melhor ataque da primeira fase, com 20 gols marcados, atrás apenas do Serra Talhada, com 21. Junto com o time do sertão teve a defesa menos vazada, com 12 gols sofridos.

JOGOS (Clique no link e seja direcionado para a matéria do jogo)
1º ROD   - América 1x1 Central  (Roberto Pitio)
2º ROD   - Central 2x0 Ypiranga (Éverton e Candinho)
3º ROD   - Central 2x1 Atlético Pernambucano (Candinho e Thiago Laranjeira)
4º ROD   - Serra Talhada 1x2 Central (Roberto Pitio e Fernando Pires)
5º ROD   - Central 4x1 Porto (Ferreira, André Lima, e Éverton (2))
8º ROD   - Pesqueira 0x2 Central (Luiz Fernando e Willian)
10º ROD - Porto 1x3 Central (Jaílton, Willian e Juninho Silva)
11º ROD - Central 3x2 Serra Talhada (André Lima, Sóstenes e Roger)

ARTILHEIROS (Gols entre parênteses)
André Lima e Éverton (3)
Willian, Candinho, Roberto Pitio (2)
Roger, Sóstenes, Juninho Silva, Luiz Fernando, Jailton, Ferreira, Fernando Pires, Thiago Laranjeira (1)

Outras postagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...