quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Serra Talhada x Central. Patativa espera manter invencibilidade jogando no sertão do estado.


Central e Serra Talhada se enfrentam nesta quarta-feira, 17, no Estádio Pereirão em Serra Talhada. Será o confronto entre o líder e vice-líder do Campeonato Pernambucano 2015, além de uma disputa a parte do ex-treinador da patativa, Humberto Santos, com seu antigo clube. Basta uma vitória simples para o lampião ultrapassar a patativa, por isso, um empate estaria de bom tamanho esta noite no sertão do estado.

Em relação a equipe que venceu o Atlético na última rodada, apenas uma modificação. Suspenso, o volante Diego Teles dá lugar para o jovem prata da casa Natan, que fará sua estreia como profissional. Como costuma trabalhar com a base por onde passa, Laélson Lima optou por dar uma chance ao atleta, além de outra oportunidade para Diego Góis, que esteve totalmente desorientado em campo na última partida.

A torcida é grande por esses atletas, especialmente por ser cria do Central Sport Club. A expectativa é que com Laélson outros jogadores da casa venham ter oportunidades, como o atacante William, que falam muito bem deste atleta. Aguardar!

Serra Talhada x Central - 4º ROD do Pernambucano 2015
Estádio: Lacerdão, Caruaru.
Data: 17 de Dezembro, às 20h (Quarta-Feira).
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique.
Assistentes: Clóvis Amaral e Albino Albert Júnior.

Serra Talhada (4-4-2): Ferreira; Cássio Lopes, Lúcio, Alisson e Rafinha; Luciano Totó, Jhony Paulinho e Alexon; Júnior Juazeiro e Pedro Maycon. Técnico: Humberto Santos.

Central (4-4-2): Beto; Ferreira, André Lima, Éverton e Leandro Silva; Fernando Pires, Diego Gois, Natan e Thiago Laranjeira; Roberto Pítio e Candinho. Técnico: Laélson Lima.


Serra Talhada: O lampião teve o artilheiro da primeira fase do Pernambucano 2014. De contrato renovado, o atacante Júnior Juazeiro está de volta ao Serra e é a esperança de gols do time do sertão Pernambucano. Olho nele!

Central: O atacante Candinho é o artilheiro da patativa até então. Mas para a bola chegar, passa pelos pés do meia Thiago Laranjeira, além do seu próprio companheiro de ataque, Roberto Pitio. Esse trio pode fazer a diferença.


Central e Serra Talhada se enfrentaram sete vezes na história. No primeiro confronto a patativa levou a pior, perdeu dentro de casa e demitiu seu então técnico, Alemão. No geral, o glorioso leva a melhor.

Curiosidade a parte, a estreia de Humberto no Central foi contra o Serra Talhada. Na ocasião, a patativa perdia dentro de casa por 2 a 0, mas com as substituições feitas pelo treinador, o alvinegro arrancou o empate nos minutos finais. Relembre os confrontos clicando no link desejado.

Pernambucano 2012
Central 0x1 Serra Talhada - 1º TURNO
Serra Talhada 1x2 Central - 2º TURNO (Beto Paraíba (2))

Pernambucano 2013
Serra Talhada 3x2 Central - 1º TURNO (Johnathan Goiano e Júlio César)
Central 2x1 Serra Talhada - 2º TURNO (André Nunes e Jorge Luiz)
Central 3x1 Serra Talhada - OCTOGONAL (Johnathan Goiano (3))

Pernambucano 2014
Central 2x2 Serra Talhada - 1º FASE (Danilo Pires e Vágner Rosa)
Serra Talhada 1x1 Central - 1º FASE  (Danilo Pires)

Jogos: 7
Vitórias do Central: 3
Vitórias do Serra Talhada: 2
Empates: 2
Gols do Central: 13
Gols do Serra Talhada: 10


Rádio Liberdade: 910 AM e 104.9 FM
Rádio Linha de Frente: 107,1 FM
Rádio Jornal Caruaru: 1080 AM
Rádio Cultura/105: 105,9 FM ou 1130 AM

Arquibancada e Visitante: R$ 20,00
Sócio e estudante: R$ 10,00
Preços não oficiais. Nada foi divulgado pela diretoria do Serra Talhada.


Por João Neto / Blog Movimento Coração Alvinegro.

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Fotos de Central 2 a 1 Atlético Pernambucano.

Confira a galeria exclusiva do Movimento Coração Alvinegro, com as imagens de Central 2x1 Atlético Pernambucano, pela terceira rodada do estadual 2015. Clique na desejada para ampliar. Todos os direitos reservados para Guilherme Milleron / Blog Movimento Coração Alvinegro.
































Guilherme Milleron / Blog Movimento Coração Alvinegro.

Fotos da barra-brava MCA em Central 2x1 Atlético PE.

A galeria da barra-brava também vinha parada há um bom tempo. Com a volta do projeto, voltaremos a fazer imagens, vídeos, e registrar os momentos belíssimos que esse grupo de torcedores fazem nas arquibancadas. Clique na desejada para ampliar, e relembre outras imagens da barra-brava clicando AQUI.




segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Central 2x1 Atlético Pernambucano. Bastante pressionada, patativa segura vantagem e vence mais uma no estadual.


O Central de Caruaru venceu mais uma partida pelo Campeonato Pernambucano 2015 e segue na liderança da competição, agora isolado com 7 pontos ganhos. O glorioso alvinegro bateu o Atlético Pernambucano na tarde deste Domingo, 14, no Estádio Lacerdão por 2 a 1. A patativa abriu o placar com Candinho na etapa inicial, e aumentou a vantagem com Thiago Laranjeira na complementar. Williams descontou para os visitantes.

O JOGO - Novamente como na partida anterior, a patativa não se encontrou em campo. Algumas peças se destacaram individualmente, enquanto outras deixaram a desejar e por muito pouco não comprometeu o resultado. Thiago Laranjeira, o encarregado da criação das jogadas, foi muito bem e se conseguir uma regularidade poderemos ter um grande jogador para a sequência do estadual. Por outro lado, Diego Teles esteve muito mal na partida, além de um Diego Góis que não se encontrou em campo.

A primeira chance clara de gol para o Central surgiu aos 9 minutos. Em uma recuada de bola do defensor Atleticano para o seu goleiro, Roberto Pitio acreditou na jogada e chegou a tempo de finalizar, mas em cima do arqueiro Ibson. Sonolentos 10 minutos se passaram, e outra chance de gol só aos 19. Ferreira tabelou com Pitio e chegou batendo para fora, buscando o canto direito de Ibson.

A falta de pegada no meio-campo, mais uma vez, sobrecarregou a zaga. Em chances criadas, o Atlético foi parado com faltas e levou bastante perigo na bola parada. Aos 24, Ribeiro recebeu por trás da marcação e chutou a queima rouba, para grande defesa de Beto. Três minutos após, outra bola levantada na área alvinegra e por pouco não entra direto, mas novamente o arqueiro Centralino garantiu a defesa.

Atacante Candinho abriu o placar
no Lacerdão. Foto: Guilherme Milleron
Blog Movimento Coração Alvinegro.
O alvinegro voltou a atacar com Candinho de cabeça aos 30, Fernando Pires chutando cruzado no lance seguinte, e Pitio de cabeça após bom cruzamento de Ferreira aos 35. Tiago Laranjeira ainda fez boa jogada aos 38, atrasando a bola para Diego Gois chegar finalizando, mas o atleta pegou muito mal na bola e isolou. Aos 40 minutos saiu o primeiro gol.

Tiago Laranjeira lançou Pitio pelo lado direito, o atleta foi pra cima da marcação e cruzou rasteiro para Candinho abrir o placar no Luiz Lacerda, 1 a 0 patativa. Antes do apito final o Atlético esboçou uma reação, mas Bilisco desperdiçou a grande oportunidade finalizando sem força após passe de Tarcísio.


SEGUNDO TEMPO - Pela terceira vez consecutiva, o técnico Laélson Lima fez a mesma substituição. Antes mesmo da bola rolar, Ferreira deu lugar para o lateral direito Fabinho. ''Seis por meia dúzia'', o atleta ainda conseguiu apresentar menos que Ferreira. Cinco minutos de jogo, e Laélson Lima promove a sua segunda substituição. Sai Diego Gois e entra Juninho Silva, fazendo sua reestreia com a camisa alvinegra.

Com boa atuação, Thiago Laranjeira
marcou o último gol da patativa no
confronto. Foto: Guilherme Milleron
Blog Movimento Coração Alvinegro.
Oito minutos de jogo, Juninho toca para Candinho, o atacante alvinegro avança, dribla o defensor Renato, mas na hora exata se atrapalha e chuta por cima da meta de Ibson. Aos 12 saiu o segundo da patativa, uma verdadeira pintura. Com no máximo dois toques na bola, a tabelinha envolvendo Leandro Silva, Fernando Pires, Thiago Laranjeira e Candinho, resultou em um belíssimo gol do camisa 10 alvinegro. O atleta recebeu o passe final de Candinho, de calcanhar, e com um toquinho por cima de Ibson, tirou qualquer chance de defesa do arqueiro Atleticano, Central 2 a 0.

Os visitantes demoraram bastante para reagir. Porém, quando encontrou um Central acomodado dentro de campo, que não criava mais nada, esperando apenas o tempo passar, lançou-se para o jogo e chegou muito próximo de mudar o resultado do confronto. Dos 25 minutos em diante, só deu Atlético.

Aos 27, Williams que havia entrado ainda na primeira etapa, substituindo o atleta Adams, contundido, recebeu um belíssimo passe, nas costas do lateral esquerdo alvinegro, Leandro Silva, e chutou forte contra a meta de Beto, 2 a 1. Vendo a sonolência da equipe, Laélson Lima fez sua última substituição aos 27 minutos, colocando Jaílton no lugar de Thiago Laranjeira.

Diego Teles vem atuando abaixo do
esperado e está fora do próximo jogo.
Foto: Guilherme Milleron / Blog
Movimento Coração Alvinegro.
Nada mudou, e o Atlético teve chances claríssimas de gol aos 31, com André Lima cortando o perigo, aos 38 e aos 43, mas nas duas últimas Beto fez milagre e garantiu a vitória da patativa. Mesmo jogando bem abaixo do ideal, a vitória veio e a liderança está mantida. Precisa mudar o quanto antes, pois na próxima quarta-feira, 17, já tem pedreira contra o vice-líder Serra Talhada no sertão Pernambucano.

DIEGO TELES
Além de vir jogando mal, o volante Centralino quis comprar briga com a torcida alvinegra. Ficou claro seu despreparo durante a partida, onde chegou a discutir e fazer gestos obscenos para os torcedores. Para piorar, recebeu seu terceiro cartão amarelo seguido e está suspenso, ficando fora da próxima rodada diante do Serra Talhada. Lamentável.

Central (4-4-2):  Beto; Ferreira (Fabinho), André Lima, Éverton e Leandro Silva; Diego Teles, Fernando Pires, Diego Góis (Juninho Silva) e Thiago Laranjeira (Jaílton); Roberto Pitio e Candinho. Técnico: Laélson Lima.

Atlético PE (3-5-2): Ibson; Renato, Vandinho e Ribeiro; Marcos, George (Kaio), Bilisco (Wellington), Tarcisio e George; Adams (Williams) e Patryck. Técnico: Charles Muniz.

Árbitro: Nielson Nogueira Dias.
Assistentes: Bruno Vieira e Fabrício Leite.
Local: Estádio Lacerdão, Caruaru-PE.
PE 2015 - 3º Rodada da Primeira Fase (14/12/14).

Cartões amarelos: Diego Teles (Central).
Cartão vermelho: Não houve.
Gols: Candinho aos 40' do 1T e Thiago Laranjeira aos 12' do 2T para o Central. Williams para o Atlético Pernambucano aos 27' do 2T.

Público: 4.442
Renda: R$ 35.390,00

Por João Neto / Blog Movimento Coração Alvinegro.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Faça parte da barra-brava do Central de Caruaru.

Movimento Coração Alvinegro
no jogo Central 5x0 Baraúnas - Série D
2014. Foto: Guilherme Milleron.
A barra-brava Movimento Coração Alvinegro está de volta as sociais do Lacerdão. Desde a Série D 2014, o grupo vem fazendo bonito nas arquibancadas do antigo PV e levantando a galera. Fundada por Júnior Porto e João Neto, esse último que aqui escreve para vocês, o projeto estava parado desde 2011.

O jovem David Everton, junto com alguns amigos, tiveram a ideia e reativaram o Movimento Coração Alvinegro para trazer de voltar a paixão, o canto, o orgulho de torcer e vibrar com este clube quase centenário, levando o lema que se consagrou desde que foi fundado, ''paixão além dos 90 minutos''. Para quem tem interesse em se juntar a esse grupo de torcedores, é muito simples. Se associe ao clube, vista a camisa da patativa, e vá cantar e bater palmas para fazer bonito durante os jogos.

Os garotos também costumam arrecadar dinheiro em algumas ocasiões, seja para comprar tirantes, bolas plásticas ou apito. Quem tiver interesse em ajudar financeiramente ou dar alguma sugestão, pode entrar em contato com David Everton (9149-4389 ou 9720-2491) ou Jefferson Luiz (9213-5864), que são os atuais responsáveis pela barra-brava.

Relembre alguns momentos clicando aqui!

Por João Neto / Blog Movimento Coração Alvinegro.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Central 2x0 Ypiranga. Patativa vence a primeira no estadual, mas não convence.


Atuando diante de sua torcida, o Central Sport Club fez o dever de casa na noite desta última quarta-feira, 10, e venceu o Ypiranga por 2 a 0 no clássico da sulanca. Mesmo sem jogar o esperado, o mais importante veio, os três pontos. O primeiro tento saiu na etapa inicial, através do zagueiro Éverton, já na etapa complementar Candinho marcou o segundo para o alvinegro e fechou o caixão.

Com o resultado, a patativa ficou na liderança da competição ao lado do Vera Cruz, ambos com quatro pontos ganhos, mas o alvinegro leva a melhor no saldo de gols. No próximo Domingo, 14, é a vez de enfrentar o Atlético Pernambucano também no estádio Luiz Lacerda.

O JOGO - O time estava bem arrumado dentro de campo nos minutos iniciais, mas ficou claro ao desenrolar da partida a carência de um camisa 10. Sóstentes foi peça nula, já Tiago Laranjeiras atuou razoavelmente bem, mas longe de ser o dono da criação, aquele que deixa os atacantes na boa para finalizar.

Com dois minutos, o lateral Ferreira cobra lateral e joga a bola dentro da área para Roberto Pitio finalizar, mas o atacante chuta forte e manda por cima. A máquina quis responder aos 9. Danilo Itaporanga cruzou e Ítalo subiu de cabeça assustando a torcida alvinegra. Em outro cruzamento, Beto por pouco não se atrapalha e quase marca contra.

A melhor chance da patativa nesta etapa inicial veio com Fernando Pires. Aos 16 minutos o atleta recebe passe, domina com o peito, e cara a cara com o goleiro toca por cima, mandando pra fora. Everton também tentou aos 33, e Tiago Laranjeiras aos 34, após grande passe de Ferreira.

O setor lá da frente não tava resolvendo, o meio-campo também não, então coube ao zagueirão Éverton ir pra área e aproveitar cruzamento. Após a bola ser levantada por Ferreira, Pitio tocou de cabeça para Evérton, que girou o corpo e bateu sem chances de defesa para Adson, 1 a 0 Central. Perto do fim o Ypiranga teve grande chance, mas Beto salvou a patativa.

SEGUNDO TEMPO - A máquina de costura estava disposta a conseguir o resultado. Pressionando bastante a patativa, e ganhando o meio-campo, aos 7 minutos criou boa jogada e teve um pênalti ao seu favor. Danilo Itaporanga foi para cobrança e bateu rasteiro, no canto direito de Beto. O arqueiro caiu bem e fez a defesa, garantindo a vantagem do glorioso.

A bola não parava no ataque alvinegro, e os meias da patativa não conseguiam cadenciar a partida. Beto cobrava o tiro de meta, a redonda voltava e a máquina criava as oportunidades de gol. Só com Lalá, aos 15, e  aos 22 minutos, o jogador chances claríssimas de marcar. Aos 20 é Evérton que afasta o perigo da defesa alvinegra, cortando boa jogada que foi construída pelo lateral Maneco.

O alvinegro respondia nos contra-ataques, e as melhores chances esteve com Fernando Pires batendo de longa distância aos 16, e aos 35 com Jaílton, que ficou livre de marcação após o passe de Diego Teles, mas conseguiu o mais difícil e chutou em cima de Adson.

Mesmo com um atleta expulso, aos 25 minutos, a máquina continuou assustando e o glorioso aproveitando as brechas para encaixar o contra-golpe. Em cobrança de falta, Itaporanga voltou a levar perigo, além de Jair mandando uma bomba de fora da área aos 43 minutos para defesa de Beto, e um minuto após o lance, outro milagre do goleirão Centralino.

A patativa se segurou, e conseguiu o golpe final aos 45. Em contra-ataque armado, Fernando Pires chuta cruzado pelo lado direito, a zaga do Ypiranga tenta afastar e acaba tirando o goleirão Adson da jogada. Na sobra, Candinho acompanha e de cabeça marca o último gol da partida. Final, Central 2, Ypiranga 0.

Central (4-4-2):  Beto; Ferreira (Fabinho), André Lima, Éverton e Leandro Silva; Diego Teles, Fernando Pires, Sóstenes (Jaílton) e Tiago Laranjeira; Roberto Pítio (Peter) e Candinho. Técnico: Laélson Lima.

Ypiranga (4-4-2): Adson; Maneco, Rogério, Jajá (Diogo) e Danilo Itaporanga; Gil Pernambucano, Fernando Prado, Jair e Thauan; Ila (Lalá) e Ítalo (Tiago Sousa). Técnico: Reginaldo Sousa.

Árbitro: Giorgio Wilton.
Assistentes: Charles Rosas e Fernando Júnior. 
Local: Estádio Lacerdão, Caruaru-PE.
PE 2015 - 2º Rodada da Primeira Fase (10/12/14).

Cartões amarelos: Beto e Diego Teles (Central); Gil Pernambucano, Fernando Prado, Italo e Jair (Ypiranga).
Cartão vermelho: Fernando Prado (Ypiranga).
Gols: Éverton aos 40' do 1T e Candinho aos 47' do 2T para o Central.

Público: 4.587
Renda: R$ 10.740,00

Por João Neto / Blog Movimento Coração Alvinegro.



quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Central x Ypiranga. Alvinegro luta pela primeira vitória no Pernambucano 2015.

Passada a estreia do último Domingo, 07, onde a patativa empatou com o América jogando em Recife, chegou a hora do torcedor alvinegro matar a saudade e ver sua equipe de perto atuando no Estádio Lacerdão. Na noite desta quarta-feira, 10, Central e Ypiranga entram em campo às 20h, pela segunda rodada do Campeonato Pernambucano 2015.

O técnico Laélson Lima pretende promover ao menos duas modificações em relação ao time que enfrentou o América. Pela boa movimentação apresentada no decorrer da última partida, Tiago Laranjeira deve ficar com a vaga de Douglas no setor de criação. Já o meio-campista Sóstenes, recuperado de contusão, poderá ficar com a vaga de Jaílton, que não foi bem na estreia.

Há uma expectativa em torno do atacante Peter. Agora regularizado, não se sabe se o atleta irá entrar entre os onze inicias, ou se ficará como opção para o desenrolar do confronto. Como Roberto Pitio agradou no primeiro confronto e marcou gol, talvez o treinador mantenha o atacante como titular e deixe Peter no banco de reservas. De resto, a equipe será a mesma que enfrentou o mequinha.

YPIRANGA - Vindo com moral após a vitória na estreia, o time da máquina ainda assim é uma incógnita. Tendo no banco de reservas um treinador que conhece bem a patativa, pois já trabalhou no alvinegro em outra ocasião, tiraremos a dúvida e veremos quem levará a melhor esta noite. Além do treinador, o alvi-azulino tem nomes conhecidos no futebol Pernambucano como o goleiro Adson, ex-Central, o lateral Maneco, e os atacantes Lala e Illa.



Central x Ypiranga - 2º ROD do Pernambucano 2015
Estádio: Lacerdão, Caruaru.
Data: 10 de Dezembro, às 20h (Quarta-Feira).
Árbitro: Giorgio Wilton.
Assistentes: Charles Rosas e Fernando Júnior. 

Central (3-5-2)Beto; Ferreira, André Lima, Éverton e Leandro Silva; Diego Teles, Fernando Pires, Tiago Laranjeira e Sóstenes; Roberto Pítio e Candinho. Técnico: Laélson Lima.

Ypiranga (4-4-2): Adson; Maneco, Rogério, Jajá e Danilo Itaporanga; Gil Pernambucano, Fernando Prado, Cloves e Thauan; Illa e Ítalo. Técnico: Reginaldo Sousa.


Central: O meia Sóstenes pode ser a novidade na equipe alvinegra. O carequinha agradou a torcida nos treinamentos, vamos ver como funcionará agora valendo os três pontos. Já o outro jogador, fez bom amistoso diante do CSA-AL e marcou dois gols em pleno Rei Pelé. Candinho é o nome do garotinho.

Ypiranga: Acertado com a patativa para defender as cores do alvinegro no Pernambucano 2015, acabou-se transferindo para o Ypiranga de Santa Cruz do Capibaribe. O gol que selou a vitória da máquina na última rodada foi seu. Será que Danilo Itaporanga fez a melhor escolha ? Os próximos dias irão dizer. Além desse, outro jogador pode fazer a diferença. Trata-se do meia-atacante Illa, que em outras ocasiões já foi cotado para vestir a camisa alvinegra.

Relembre as últimas partidas entre Central e Ypiranga que temos registrados no Movimento Coração Alvinegro. Clique no link desejado e seja direcionado para a matéria do confronto.
Pernambucano 2014 - Central 2x0 Ypiranga [Dedimar (contra) e Tallys]
Pernambucano 2014 - Ypiranga 0x5 Central ]Deizinho (3) e Johnathan Goiano (2)]

Rádio Liberdade: 910 AM e 104.9 FM
Rádio Linha de Frente: 107,1 FM
Rádio Jornal Caruaru: 1080 AM
Rádio Cultura/105: 105,9 FM ou 1130 AM

Arquibancada e Visitante: R$ 20,00
Cadeira cativa: R$ 20,00
Sócio e estudante: R$ 10,00

Por João Neto / Blog Movimento Coração Alvinegro.

Outras postagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...